4 dia de viagem: Chegada em Maceió

Hoje é o dia mais esperado da viagem, afinal faltam apenas 600 km para chegarmos em Maceio.

Acordamos cedo e descemos com as bagagens para o carro do Rominho, que venhamos e convenhamos salvou a pátria, alforjes e bolsas nas motos só encomodam. (vejam as fotos do carro dele no álbum que vão entender o que estou falando).

O Tonnel foi nosso guia para sair de Salvador sentido Aracaju, o cara é quase baiano. A estrada é um tapete e o clima estava mais ameno que o dia anterior.

Nossa preocupação era não passar despercebido pelo posto do pastel gigante (90 km de Salvador), caso contrário não teríamos combustível suficiente para chegar no proximo ponto de abastecimento.

Achamos o posto e aproveitamos para tomar o café da manha e não é que o pastel é gigante mesmo. No final das contas o pastel acabou sendo nosso almoço.

Seguimos viagem em direção a divisa entre Bahia e Sergipe, onde iríamos parar para tirar umas fotos. Ate lá a estrada estava boa, o único fato estranho era que o pneu da moto do Marelo parecia estar esvaziando.

Já em Sergipe pegamos uma estrada muito movimentada, sem acostamento e com muitos olhos de gato nas saídas de postos de gasolina e cidadezinhas o que para nos e uma preocupação. Passar em cima dessa porcaria a centos por hora causa um estrago. Num geral, foi o pior trecho de toda viagem.

A uns 93 km da divisa entre Sergipe e Alagoas a Marelo sentiu que a moto estava curvando mão, resolveu parar no posto de gasolina para recalibrar o pneu e eis que descobri o motivo do pneu esta perdendo pressão, um prego no pneu.

Por sorte tinha uma borracharia no posto e em 5 minutos o cara fez o remendo usando um macarrão. Seguimos viagem ate a divisa, e entramos em Alagoas em grande estilo, atravessando uma ponte sobre o Rio São Francisco.

A esta altura da viagem o que mais queríamos era chegar. A foto na divisa de Alagoas foi quase que uma ultima recarga na bateria, a mão já doia para acelerar e freiar, os bancos macios das motos pareciam de pedra, o corpo cansado depois de 3 dias de viagem so queria descanso e a cada km percorrido sabíamos que o merecido descanso estava chegando.

Encontramos com nosso anfitrião China a 10 km da Praia do Francês, onde ele mora e alem da satisfação de revê-ló estamos satisfeitos por termos cumprido a primeira parte da missão: Chegar a Maceio para passar o Reveillon 2010.

Motos na caragem e pose para ultima foto do dia, ficando apenas um pensamento: “Doido Demais esta viagem, chegamos bem graças a Deus”.

Os posts continuam, iremos contar a partir de amanha sobre as peripécias em Maceió desta família chamada Monges.

Similar Posts:

COMMENTS

  • Junior

    Vai ser difícil a água levar o Tonnel, mas estamos de olho…risos.
    O relógio e meu, esqueci uma toalha também.

  • heiler

    Fala Galera, a mãe tá com medo da agua carregar o Heider, marra um corda nele!!!hrhehehehehe – aproveitem ai e cuidado com a cerva!!!!Achamos um relogio aqui em cada! abraços
    Heiler

  • Daniel

    Junior,
    vc continua um besta. Por que não tirou uma foto do São Francisco? Ai, que vontade de estar aí nessa hora para atravessar a ponte. São Franciso é um pedaço de casa que sai correndo pelo Brasil afora… Se passar por lá de novo, quero foto da ponte, com direito a ver água. Felicidades e saudades, maninho.

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.