América vence Cruzeiro e joga pela empate no domingo

No primeiro jogo da semi-final do campeonato mineiro 2012 o time do América venceu o Cruzeiro por 3 x 2, com a equipe celeste conseguindo diminuir a diferença nos últimos 15 minutos da partida. Mesmo perdendo a diferença de apenas um gol no placar deixou a vaga para a disputa da final em aberto.

O Cruzeiro entrou em campo desfalcado de seu principal jogador, Montillo, que sentiu dores musculares e foi poupado, e do artilheiro da competição Wellington Paulista, que cumpria suspensão pelo 3º cartão amarelo. Além desses o técnico Mancini não pode contar com Diego Renan na lateral esquerda também por dores musculares.

Em virtude dos desfalques o Cruzeiro optou por jogar no 4-4-2, destacando a entrada de Elber no lugar de Montillo e Walter no lugar de WP. O comandante do time e responsável por orquestrar a Raposa até o campo de ataque na ausência de Montillo foi o nosso polêmico jogador Roger (graças ao efeito suspensivo conseguido pelo Cruzeiro no tribubal desportivo).

O Inicio do jogo foi aberto e franco, com bons lances de ataque de ambas as equipes. Em um lance de bola parada o América marcou e comemorou muito o fato de estar a frente no placar. Com o gol o time do América passou a jogar mais recuado, buscando nos erros do Cruzeiro as oportunidades de contra-ataque, que acabou desperdiçando algumas chances de empatar a partida.

Iniciou o segundo tempo e GOOOLLLLL do América, aos 28 segundos de jogo no 2º tempo. Em bola dividida com Victorino, Rodriguinho levou a melhor e acertou um belo chute na gaveta, sem chances para Fábio. O Cruzeiro ficou completamente perdido em campo após sofrer o segundo gol e o América aproveitou.

Em lance pelo meio, Fábio Junior e tocado na área, e a regra é clara: Penalidade máxima. A disputa ficou entre Fábio Junior e Fábio, e graças a Deus a luz do goleiro celeste brilhou e ele defendeu o pênalti, que por sinal foi muito mal cobrado. A equipe simulou uma recuperação após a injeção de animo com a defesa de Fábio, mas não passou de uma simulação. Em um contra-ataque perfeito, Rodriguinho achou Alexsandro sozinho na área, que usou a cabeça para colocar o América ainda mais na frente. América 3 x 0 Cruzeiro. Seria uma goleada? O Mequinha iria despachar o Cruzeiro logo de cara? Com uma vantagem dessas seria muito difícil o jogo da volta. Acredito que todo Cruzeirense neste momento rezou muito, na verdade começamos no momento do pênalti.

A comemoração do ultimo gol foi polêminha, com sinais de acabou de Alexsandro para todos verem. A partir dessa atitude, o atacante do América não imaginou que a Raposa poderia marcar. Temos Roger, e o cara ficou enfezado com a falta de respeito ou provocação.

Era a pilha que os jogadores estavam esperando, partiram para cima até encolher o América em seu campo de defesa. Claro que com essa postura a defesa celeste ficava desarrumada, em caso de uma perda de bola na intermediaria, o contra-ataque poderia ser fatal e complicar ainda mais a vida celeste.

Ainda bem que não foi isso que aconteceu. O time do América recuou inteiro e o Cruzeiro insistia em tentar furar a defesa pelo centro de campo, mas a defesa sempre aliviava para longe. Em uma das chances em que a defesa abriu, Roger resolveu testar o chute e Neneca acabou batendo roupa, a bola foi parar no pé de Bobo, que ficou com o rebote e diminuiu a diferença. A essa altura o relógio marcada 40 minutos do 2º tempo.

Quatro minutos após o primeiro gol, aos 44 minutos jogados, em um lance pela esquerda a bola foi cruzada para área, e Roger que vinha de frente para o lance, deve ter sinalizado para Anselmo Ramon deixar a bola para ele. Roger na velocidade se livrou da marcação e ampliou para o Cruzeiro. América 3 x 2 Cruzeiro.

Olhando o jogo como um todo, realmente parece que a provocação de Alexsandro foi a gota d´àgua, o Cruzeiro partiu para cima e foi buscar o resultado que com certeza deixa a equipe com excelentes chances de classificação.

Semana que vem tem mais, na mesma Arena do Jacare, esperamos apenas uma equipe mais coesa, com o retorno do craque Montillo e com a presença do Roger em campo, dividindo a armação com o mesmo.

Boa Sorte Cruzeiro, vamos vamos Cruzeiro!!!

 

Similar Posts:

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.