Cartão do Marcão que nada…

Minhas lembranças de casamento são antigas, da época dos meus avós onde a mulher cuidava da casa e o homem se preocupava com o sustento da familia, e acredito ter sido esse um modelo de sucesso, afinal, meus avós só se separaram conforme prometido ao padre: "_Até que a morte os separe."

Hoje, com os tempos modernos e as mulheres querendo seu espaço no mercado de trabalho e se tornando independente do homem, temos que ter cuidado pois poderemos passar pela seguinte situação:

A mulher te liga e você atende assim:
_ Escuta aqui você, eu tô na casa de um amigão, tô tomando um cervejão, tô jogando um poquerzão e não vô agora não!
Muito macho né não? (até parecia meu velho falando…)

De repente você escuta a resposta:
_ Relaxa amor (começou assim a conversa pode preparar que vem bomba…), só liguei para avisar que estou na casa da vizinha, tomando uma caipirinha, ta rolando a maior festinha, vou chegar de manhãzinha. E a próposito, não vou dormir sozinha!

É molé ou quer mais!!!!

(Colaboração: Claudine – não poderia vir de mais ninguém)

Similar Posts:

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.