Freguês é sempre freguês…

Ontem o clássico teve um sabor especial. Após uma semana escutando piadinhas dos atleticanos, que acreditam piamente que iriam rebaixar a China Azul, o Cruzeiro respondeu em campo: TRUCO…6 ladrão…em cima de mim não. O Cruzeiro não só garantiu a permanência na série A do brasileiro como eliminou o Atlético da sul-americana.

Todo Cruzeirense ontem estava preparado para uma verdadeira batalha, estava em jogo os nossos 90 anos de tradição e a condição de ser um dos cinco clubes a nunca ser rebaixado para a série B. Não achávamos que seria fácil, principalmente sem os nossos principais jogadores: Fábio, Montillo e Parana.

Na sexta e sábado cheguei a comentar com alguns atleticanos que daria Cruzeiro, placar de 3 x 1. Claro que me zuaram muito, a certeza de ganharem esse jogo era grande. O Galo vinha de uma sequência melhor. O Cruzeiro precisa vencer de qualquer forma para continuar dependendo somente dele e manter-se na série A, mas era esse o cenário dos últimos três jogos e não havíamos produzido muito. A massa atleticana endoidou o cabeção e acreditava em um massacre, até disseram que teria uma tal de FLANELA FÓLIA. Doce Ilusão!!! Será que eles não aprendem? Somos mais, somos maiores e somos vencedores…

O empenho, dedicação, garra e raça aplicada ontem pelos jogadores celestes foi tudo que a torcida esperava, afinal, o Cruzeiro não merecia cair para a segundona, ainda mais pelas mãos do arqui-rival. Roger, Leandro Guerreiro, Anselmo Ramon e Fabrício marcaram no primeiro tempo e nos deram a tranquilidade para fazer um segundo tempo mais cadenciado e tranquilo.

Em noite inspirada e jogando tudo que não jogou em algumas das partidas importantes, Roger desequilibrou, marcou o primeiro gol, cobrou a falta na medida para Leandro Guerreiro ampliar o placar e em uma jogada cinematográfica se livrou da marcação atleticana, foi a té o fundo e em um passe preciso entregou para Wellington Paulista mandar para o fundo das redes, 5 x 0 Cruzeiro. Bonito demais!!!

O Galo ainda fez o seu golzinho de honra, mas para fechar o ano com chave de ouro em uma jogada bem tramada Everton deixou sua marca e fechou o placar em 6 x 1.

Para ficar na memória e registrado, os gols desse clássico inesquecível.

Similar Posts:

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.