Kinect: Jogabilidade para todas as idades, mesmo que tenha 3 anos

Final de semana eu fiquei impressionado como o Kinect é uma interface simplesmente magnifica. No que diz respeito a tecnologia, jogabilidade e iteração entre pessoas de qualquer idade não tenho mais dúvida, o Kinect da de 10 x 0 em qualquer outro vídeo game.

Na semana passada o prima da minha esposa, Flávio, comentou que havia comprado em uma promoção do Groupon o xbox + kinect, e como ele sabia que tínhamos em nossa casa, ficamos de combinar um dia para jogarmos antes dele receber o dele, para avaliar se ficaria com o vídeo game ou se venderia., Marcamos então para este final de semana.

Flávio, Cris e Julia, a filha do casal de 3 aninhos, chegaram em casa no inicio da noite. Julia primeiramente ficou encantada com o Pateta, nosso cachorro, e enquanto conversamos a gente se divertia com ela e Pateta. Ele, que não esta acostumado com criança, ficava querendo cheirá-la para descobrir que figura era aquela que sorrir e gargalhava toda vez que ele se aproximava. Ela, assustada com o tamanho dele ficava ressabiada e se escondia atrás do Flávio toda vez que ele se aproximava.

Acabamos prendendo o Pateta para que pudéssemos ficar mais  tranquilo e apresentar ao casal a interface e jogos do kinect. Começamos pelo Adventure, passando pelo Shape e depois o Sports. Flávio e Cris haviam experimentado a jogabilidade do kinect em ambos os jogos, mas quando colocamos o Sports tudo ficou mais simples e fácil.

Apresentamos a eles a jogabilidade do tênis de mesa, usando apenas as mãos para jogar. Impressionante? Que nada…fácil mesmo. Resolvemos então disputar uma partida de boliche, jogando os quatro juntos (Ellen, eu, Cris e Flávio). A Júlia ficou observando e brincando com o Pateta, já solto novamente, e ambos mais a vontade um com o outro.

Ellen começou fazendo strike, esta viciada neste jogo e com toda a técnica necessária para detonar geral. Na terceira rodada, Ellen tinha 2 strikes seguidos e nós estávamos tentando calibrar a mão. Quando Flávio jogou pela terceira vez, finalizando a rodada, Julia disse que queria jogar também, então Ellen que era a próxima, ajudou a Julia a interagir com o vídeo game para que ela pudesse jogar. Mãozinha na cabeça, mão direita para o lado, pegou a bola e fez o movimento para jogar…bola fraca e sem muito rumo mais derrubou alguns pinos, o que deixou Julia encantada.

Deste ponto em diante, ou seja, da quarta até a décima rodada a Ellen perdeu a vez de jogar e quem jogava era só a Júlia. Claro que não é tão simples para uma criança dessa idade jogar, mas todos estavam tranquilos e com paciência para dar uma força a Julia que já estava inclusive ensinando o Flávio a jogar na hora dele…muito engraçado…ela ia fazendo os movimentos junto com ele e narrando o que ele tinha que fazer.

Não me lembro em qual rodada foi, mas depois de algumas tentativas e vencendo as dificuldades por sair sempre da frente do sensor e não fazer sempre os movimentos nos momentos certos, a Júlia fez um strike…na mesma hora ela disse strike…(não sabe nem o que significa, mas viu a gente vibrando e falando durante o jogo)…e abriu um sorriso como se falasse…tá vendo, eu sei jogar, sou fera nesse negócio.

Moral da história, a gente se divertiu a beça no sábado com Flávio, Cris e Júlia, essa nem se fala, zuou muito com o Pateta, interagiu com os adultos e fez 2 strikes na noite…quer diversão maior para uma figurinha de 3 aninhos que simplesmente é demais?

Para finalizar colocamos o jogo do bambolê, do Shape, pois a Júlia pediu e queria mostrar que sabia rebolar. Muito massa ele jogando essa parada. Flávio e Cris, parabéns pela filhota especial e encantadora. Voltem sempre que quiserem e tragam a Júlia para brincar, até o Pateta esta sentindo falta dela.

OBS: Thiago, sentimos a sua falta e da Fabiana, infelizmente não pode estar presente assim como Marcelinho, Claudine, Deza e Allex. Gostamos de vocês por perto, vamos marcar outra bagunça qualquer dia desses.

Similar Posts:

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.