Komori: A 9110 ainda vive…

Muitos não sabem o que é ou quem são os Komori´s, e 9110 não é o número de uma linha de busão, podem acreditar. Komori é a tradução da palavra MORCEGO para o japonês, que tem sua escrita em símbolos “バット” (usei o tradutor do google então me perdoem se estiver errado). Já 9110 é o ano e mês de nascimento dos Komori´s, na cidade de Ipatinga-MG, como os primeiros aprendizes do Centro de Formação do SENAI da Usiminas a ingressar no curso de Informática, na época especificamente plataforma alta – mainframe.

Foram selecionados 25 Komori´s e ao longo da jornada de treinamento, quatro primeiros meses, alguns foram transferidos para outras turmas de elétrica e mecânica. Restaram dezessete, se não me engano, que foram para o departamento de informática da Usiminas, PGI, onde trabalhamos por um ano e oito meses como aprendizes. O curso finalizou em 30 de setembro de 2003.

último dia no SENAI, 1993

Os Komori´s se espalharam por esse Brasil: Manaus, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Belo Horizonte, Brasília e onde mais fosse possível chegar batendo as asas. Alguns, optaram por criar raízes em sua caverna de origem, Usiminas em Ipatinga-MG.

Com a revoada dos Komori´s, fomos tentando manter contato, algumas vezes buscávamos um outro companheiro Komori para trabalhar novamente ao nosso lado, em outras perguntando para os demais noticias de todos e de quem tinha mais contato.

Em 2001, 10 anos após a união dos 25 komori´s, aproveitamos as ligações e laços que nunca foram rompidos totalmente e conseguimos nos reunir para comemorar 10 anos de amizade e de profissão em TI. Na ocasião, não eramos mais os meninos de 18 anos que finalizaram o curso em 1993, eramos homens formados, vencendo novos desafios profissionais, alguns em outras profissões inclusive. De meninos do SENAI, ou como diziam quando iniciamos, de CABAÇOS e ZERINHOS, só tínhamos as recordações, e que recordações…

10 anos depois...

…as atitudes de amizade, brincadeira e alegria de nos revermos novamente fez muitos de nós esquecer que era pai de família, que a esposa estava vendo os micos que estávamos pagando ao relembrar velhos casos e histórias, e claro, o mais extraordinário de tudo era observar as novas caricaturas, afinal, 10 anos haviam se passado e não poderíamos estar iguais. A diversão era descobrir qual estava mais gordo, mais careca, mais feio ou mais bobo…naquele encontro de 10 anos voltamos a ser os meninos do SENAI.

Que alegria lembrar disso, que sensação maravilhosa me remete neste instante o e-mail que recebi do Kertony me parabenizando pelo meu casamento no ano passado. Ao ler a mensagem dele, de um velho amigo komori, me dei conta que este ano estaríamos completando 20 anos de amizade, no meu caso e de mais alguns, também de profissão. Instantaneamente sugeri, porque não juntarmos todos ou o máximo de komori´s novamente para comemorar os nossos 20 anos de amizade. Kertony topou e entramos em contato com os komori´s que mantemos os laços e todos foram se animando a promover um novo encontro.

Komori, 20 anos, a 9110 ainda vive…

…que diversão foram os últimos meses, de setembro ou outubro de 2010 até agora. Fomos encontrando aos poucos um a um, e mesmo aos trancos e barrancos, os komori´s conseguiram se organizar para comemorar o nosso aniversário de 20 anos.

Imaginem as diferenças agora, 20 anos depois. Quem casou? quem continua solteiro? Quem esta gordo ou magro? carecas e cabeludos? Esposas e Filhos? Que loucura…a maioria mantem contato, trabalham juntos e outra parte vimos a 10 anos atrás.

Uma coisa é certa, no próximo final de semana voltaremos a ser os meninos do SENAI, completando 20 anos de amizade, contando velhos casos, relembrando velhos apelidos, zoando e brincando geral para fortalecer por mais 20, 30, 40 anos essa amizade e todo o aprendizado de vida que construímos juntos desde o dia 01 de outubro de 1991.

Saudade de vocês komori´s safados, estou ansioso para que chegue logo a próxima semana para poder abraçar e rir com vocês e de vocês. Fiquem com Deus e até semana que vem…

…para o registro de mais 10 anos de mudanças.

Similar Posts:

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.