Libertadores: Eliminado de forma vergonhosa

Não tenho palavras para descrever o jogo de ontem do time celeste. Entendo que o time estava desfalcado de alguns jogadores importantes de ataque, mas a verdade deve ser dita, desde a última apresentação na Colômbia o time vinha apresentando sinais de falhas.

O meio de campo estava confuso, sem conseguir fazer uma ligação produtiva com o ataque. Os erros de passe se tornaram marca registrada, como se o time estivesse jogando desatento, sem a fome de bola com que iniciou a competição.

A raposa tinha a vantagem do empate, o que na minha opinião não é uma coisa favorável ao Cruzeiro, pois historicamente o time sempre se perde nessas situações e ontem foi uma prova disso.

O melhor de Minas perdeu sua essência, ficou mais recuado esperando o time do Once Caldas chegar para partir em contra-ataque. É uma tática que vem funcionando, mas sempre que os velozes Thiago Ribeiro e Wallyson estão em campo. Na Colômbia não funcionou, porque funcionaria aqui? Sem falar que o meio de campo que joga feito uma muralha nas últimas partidas não esteve bem.

A vantagem era importante, a superação do Cruzeiro em números na competição o tornava mais que favorito, no entanto, não passaram de estatísticas. O melhor da primeira fase perdeu a vaga para as quartas de final para o pior colocado da fase de grupos. É com muito pesar que escrevo este texto, mas um dos fatores da derrota foi ter menosprezado o adversário.

Tinha tudo para ser uma classificação fácil e tranqüila, pois apesar do Once Caldas jogar direitinho e saber chegar com perigo ao gol do Cruzeiro, o time celeste era superior em valores individuais e coletivamente, porém, esqueceram de fazer o dever de casa e entrar com a faca nos dentes, sair na frente do marcador e aí sim cadenciar a partida de forma a administrar a classificação.

Estou triste, revoltado, me sentindo enganado por um time que sempre peca nos momentos em que precisa ter agressividade e personalidade para decidir.

Culpar o bandeirinha e o juiz por um gol legitimo? Para que? Infelizmente o futebol não quer evoluir tecnologicamente para resolver estes problemas que de certa forma frustam o torcedor, afinal, era o gol que levaria a decisão para os penaltis e nos daria uma sobrevida no jogo, podendo quem sabe até conseguirmos a vaga.

Mas futebol é jogado em 90 minutos e o Cruzeiro ontem achou que a partida estava ganha, não jogou e o adversário comemorou a classificação em plena Arena do Jacaré.

O sonho do tri foi mais uma vez adiado…sabe-se lá até quando.

 

Similar Posts:

COMMENTS

  • Jesus Júnior

    É desse jeito…espero que o próximo post relacionado ao tema Na Torcida seja para comemorar…por hora…melhor engolir seco a piadinha…risos.

  • Andreza

    Senti que vc postou com tanta tristeza que optei por não perguntar Oncê ´tava na hora do jogo… nem oncê foi depois….e saber se a Desinteria melhorou… (hihihi)sou boazinha deixei passar alguns dias para vc Reinterar…

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.