Matando um pouco da saudade

Este final de semana fomos presenteados com a chegada da Michelly, irmã da Ellen, que estava em uma cidade do interior fazendo provas de concurso e que ao retornar a Pirapora resolver ficar conosco no final de semana. Foi ótimo para matarmos um pouco da saudade dela, mas faltou ainda Sônia e Dirceu, pais da Ellen, para fecharmos o final de semana com chave de ouro.

A Michelly não gosta muita de Belo Horizonte, e quase resolveu ir embora na sexta-feira direto para Pirapora. Sorte dela não ter feito isso senão íamos puxar a orelha dela. Vê se pode uma coisas dessas? Ainda quer ser madrinha do futuro baby (ainda em fase de produção viu amigos, senão começa a chegar os e-mails perguntando se Ellen está grávida). Já comunicamos que teremos orgulho dela ser madrinha, mas se não vier a BH com mais freqüência visitar o afilhado será substituída por uma madrinha mais atenciosa…ela nem vai poder reclamar…já está sendo avisada. (Mi, eu lembro que você falou que ia pagar a faculdade também heim!!! :-)).

  • Sexta-feira

Pegamos Michelly na rodox e como ela não estava muito cansada da viagem fizemos uma pequena maratona com ela. Primeiro passamos na casa dos dindos Deza e Alex para pegar um queijo delicioso que Deza tinha comprado para mim (Deza, obrigado mesmo, uma delícia. Bom que Ellen e Michelly não gostam então estou comendo sozinho).

Depois, tínhamos que fazer compra de supermercado, pelo menos o básico para segurar as pontas e não demorar demais para chegar em casa, afinal, estávamos todos um pouco cansado.

Para facilitar, acabamos concordando que pedir uma pizza era a melhor solução da noite para evitar termos que ir esquentar a barriga na beira do fogão para preparar alguma coisa. Queríamos mesmo era bater papo, descontrair e aproveitar ao máximo a estadia da Michelly conosco, então quanto mais prático melhor, além disso, essa decisão veio mesmo a calhar pois chegamos tarde em casa.

  • Sábado

Já ouviram o ditado: “_ Enquanto descansa carrega pedra”? Pois bem, acordei um pouco mais tarde e tinha que sair para resolver alguns probleminhas, mas ao levantar me deparei com as duas frenéticas dando uma geral na casa. Por isso a Michelly queria ir direto para Pirapora, mal chegou e já estava trabalhando… :-).

Sai e voltei num pulo só, gastando um pouco mais do tempo necessário para resolver as coisas, mas sem esquecer que tinha uma figurinha em casa que merecia a nossa atenção, minha e de minha esposa juntos. Sentimos falta da familia por perto, principalmente da Ellen pois moram em outra cidade, então, quando estão aqui queremos aproveitá-los ao máximo.

O almoço de sábado foi especial, Mi fez um arroz delicioso e Dengo preparou um strogonoff de camarão. Para completar ainda tinha um pacote de batata palha do sogrão (quem experimentou sabe bem do que estou falando). Fala sério, minha dieta acabou indo para o espaço, estava uma delicia.

Até tentamos fazer um programa diferente no sábado mas a Mi queria ficar em casa mais sossegada (lombeira geral depois de almoçarmos),  então combinamos um cineminha no domingo antes dela ir embora.

  • Domingo

Domingo é o dia da preguiça mesmo. No inicio da tarde levei Michelly para comprar passagem, fomos de moto para ela matar a vontade de dar uma volta, e voltamos rapidinho.

Eu estava com desejo de comer canjiquinha, pensei que só a Ellen não gostasse mas a Michelly também não é fã, então, tive que saborear sozinho. Hum!!! Bom que sobrou mais para mim. E estava bom viu, Dengo preparou com Sazon. Elas, acabaram de matar o camarão.

Como combinado, a noite fomos ao cinema ver Bruna Surfistinha. A qualidade dos filmes brasileiros realmente melhorou. O filme é bom, a história interessante, mas nada demais. O doido é você ver os motivos que levam uma pessoa a viver tudo isso…chegar onde queria…e mudar novamente a vida. Podemos dizer que ela é uma vencedora. Debora Secco também estava demais no papel da Bruna (carinha inocente com sensualidade de mulher).

Saímos do cinema e ainda estava cedo para deixar a Mi na rodox, então, demos um role na Praça do Papa e ela acabou dando um susto no estômago mandando um belo e bom cachorro-quente para dentro. Eu e Dengo não conseguiamos nem ver comida, havia matado um balde de pipoca no cinema.

Deixamos Mi na rodox depois do passeio e seguimos para casa. Despedida é sempre ruim, queríamos que ela tivesse ficado mais, no entanto ela tinha que voltar para estudar e etc.

Adoramos o final de semana com você por aqui cunhadinha, volte sempre que desejar e fique o tempo que quiser. Aproveita e trás Sônia e Dirceu na bagagem da próxima vez.

Similar Posts:

COMMENTS

  • Andreza

    Mi,

    Amamos o SALVE…rssss…. mas da próxima vez quero uma visita de verdade… essa aí foi só “para buscar fogo” – ditado velho mas que cai bem no caso.

    Também gostamos muito de vc, na verdade a família da família, ou seja os pais e irmãos de JJ e Dona Ellen transmitem sempre o aconchego e a liberdade como se fosse uma unicidade.

  • Olha que coisa boa…foi só pedir/chorar um pouquinho que estaremos todos reunidos.
    Adorei a noticia e estamos aguardando ansiosos.

  • Michely

    Aproveitando a oportunidade e considerar que pelo BLOG é mais gostoso, deixar uma SALVE para a minha Dinda preferida Andreza e Alex (carinho e afeto agente tem que demonstrar) e para meu primo recém casado Thiago e Fabiana que vez e outra passam por aqui!

  • Michely

    Então…Realmente não dou conta de BH sinto-me um passarinho preso e… Vai me entender???
    Quero dizer Júnior, que sempre é bom estar com VCS mesmo não gostando da cidade e ajudando na arrumação da casa (sai fora da rotina e aí é mais organizado para arrumar).O acolhimento que recebemos de Ellen ( minha irmã preferida) não posso falar, mas seu sempre é atencioso, carinhoso, bondoso…Prometo que irei ser mais presente (fala antiga). Meu Sobrinho Afilhadinho vai me entender, ElE é muito QUERIDO desde a sua NÃO existência.
    Obrigada por tudo!
    Aí, foi só falar que final de semana próximo estaremos aí…
    Bjs pra VCS.

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.