Rodízio de Pizza com os dindos

Neste final de semana aproveitamos para matar duas vontades, a primeira rever os dindos Dreza e Allex que estavam viajando e a segunda saborear um delicioso rodízio de pizza no Margueritta, que fica na saída para o Rio de Janeiro na BR-040. A pizzaria é simplesmente demais. Além do requinte e beleza natural do lugar em virtude de sua localização, a pizza é muito saborosa, te levando a querer voltar sempre que pensa em pizza.

O principal da noite não era comer pizza, apesar de termos comido bem, e sim rever os nossos dindos. Estamos tão acostumados em tê-los por perto que quando ficam um pouco distante a gente sente falta. (vale para todos os dindos viu).

nossos dindos...

Impossível a noite não ser agradável, descontraída e deliciosa. A Dreza está fazendo um doutorado na Argentina, em Buenos Aires, e na semana retrasada o Alex e a mãe dela foram para lá passear e dar um apoio moral. Ficamos conversando sobre os lugares bacanas que eles conheceram, rindo das fotos que ela havia postado no face e nos deliciando com as mancadas de cada um deles.

Ela começou contando uma mancada do Alex em um dos restaurantes que foram. Segundo ela, o Alex sempre esperava todos pedirem para depois escolher o que queria, mas um belo dia essa tático foi por terra. Ele pediu um sanduíche é disse que queria um solo queijo. Com o espanhol fabuloso que ele fala é claro que o pedido estava errado, principalmente porque ele odeia queijo, e o pedido era um sanduíche somente com queijo. Quando chegou o tal lanche tinha um pão é queijo a rodo, uns 2 cm de altura só de queijo e uma carne, que a garçonete mandou incluir porque achou estranho o pedido dele. Ele tentava explicar que estava errado e a garçonete dizia que era o que ele havia pedido, quando já estava perdendo a paciência a Dreza resolveu averiguar o que estava acontecendo e descobriu que ele havia pedido tudo trocado mesmo. Corrigiram o pedido e essa virou uma das histórias a contar…claro que a Dreza não perdoa a zoa até né.

olha nós aí...

Para defender o esposo, ela achou melhor contar um vacilo dela, que aconteceu na primeira semana de doutorado. Ela chegou na lanchonete, olhou os desenhos dos lanches e pela numeração pediu o que queria comer, fácil né. Seria se a atendente não tivesse perguntado o que ela queria beber. Dana da situação, sem titubear respondeu: “_ Desejo uma cueca-cola”. A atendente não entendeu nada. Como assim, ela quer uma cueca de cola? uma coca na cueca? Educadamente a atendente disse: “_ Você quer uma coca-cola”. De bochechas vermelhas ela disse: “_ Sim, Gracias”. É dinda, a sua rateada foi pior que a do Allex, “cueca-cola”? Que doido…ainda bem que no Marguerita é só refrigerantes da Pepsi, vai que ela resolve pedir uma cueca-cola. 🙂

Nos divertimos muito durante a noite, rimos bastante como sempre e ficou aquele gostinho de quero mais. Precisamos repetir a dose, com certeza tem mais histórias engraçadas a serem contadas.

Obrigado pela maravilhosa companhia dindos.

Similar Posts:

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.