Visita aos pontos turísticos

Estavamos loucos para ver o Rio de Janeiro e suas belezas do alto do Cristo Redentor e do Pão de Açucar, sendo assim, traçamos o roteiro com a ajuda do Luis que nos deu as dicas necessárias para sairmos do metro e pegar o ônibus de integração até o Cosme Velho, onde seguiriamos de van até o alto do Corcovado.

Cristo Redentor - uma das 8 maravilhas do mundo

As dicas foram perfeitas e chegamos sem problema ao destino. No Corcovado, assim que descemos do ônibus um dos camaradas de aluguel de van nos abordou e explicou como funcionava o esquema e os valores para subir e descer do Corcovado. Queriamos subir de trem mais desde a última chuva que detonou o Rio de Janeiro o trem está parado. Na subida tivemos a oportunidade de ver as consequencias da chuva e os estragos que ela deixou, em alguns pontos vimos uma clareira na mata e pontos de concerto na pista.

No meio da subida trocamos de van depois de comprar o ingresso de entrada para terminar de subir, este ingresso já estava no preço de R$ 45,00 pilas por pessoa paga ao camarada da van no pé do Corcovado. O combinado e que poderiamos ficar o tempo que quisessemos e ao resolver descer deviamos entregar o bilhete de retorno ao ponto de encontro da van.

Vista do Cristo Redendor

Chegamos lá em cima e não tem como negar que a vista é muito linda. A primeira coisa que observamos foi que de perto o Cristo Redendor e mais gordo e mais baixo (até parecia comigo – gordo e baixinho). A verdade é que visto de baixo ele é totalmente proporcional ou seja, alto e magro. Para ter este efeito e ser visualizado com clareza de baixo ele foi projetado desta forma.

A vista é muito bacana e do alto podiamos ver os pontos visitados no domingo como o Jardim Botânico, Gavea, Lagoa Rodrigo de Freitas, Ipanema, Copacabana e por aí vai. O número de turistas estrangeiros e impressionante, parece uma verdadeira salada de línguas. Ao mesmo tempo você escuta gente falando inglês, francês, esponhal, italiano, japones, português e etc…todos com o mesmo objetivo, tirar uma boa foto para guardar de recordação.

Terminado o passeio liguei para o meu irmão e combinamos de almoçar juntos em Botafogo. Queria aproveitar ao máximo a companhia dele também, já que hoje a gente se vê pouco. Depois do almoço seguimos para a Urca.

Bondinho subindo o pâo de açucar

Pegamos o bondinho para subir ao Pão de Açucar e ficamos impressionados com a altura e com a vista. Sem dúvida e mais bonita que a vista do Cristo Redentor, talvez pelo fato do Cristo não ser novidade e vermos sempre na TV imagens da vista de lá, mas do Pão de Açucar conseguiamos ver toda a zona sul, aeroporto, ponte Rio Niteroi que é imensa e quando olhamos para cima ainda tinha o Pão de Açucar a ser descoberto.

A subida para o ponto mais alto me deixou com medo, deu um pavor só de pensar em pegar o bondinho até lá mas como tenho que vencer este medo para ele não tomar conta de mim, esqueci a altura, não olhei para baixo e rezei mentalmente o pai nosso…risos.

Em meio as nuvens e possível ver o Cristo - visão maravilhosa

Em alguns momentos, devido ao grande volume de nuvens a vista da cidade fica meio ofuscada mas visualizar o Cristo Redendor em meio as nuvens não tinha preço, além disso, podiamos ver os aviões decolando do aeroporto de Santos Dumond e rapitadamente sumir de nossos olhares por entre as nuvens…parecia que estavamos no céu.

Ao descer para o morro da Urca, resolvemos tomar um sorvete e o show foi quando joguei um pedaço de morango para um mico, de repente ele se multiplicou em outros 4 e fomos rodeados destes bichinhos que sempre ficavam ariscos e mirando os copos de sorvete. Queriam de qualquer forma que dividissemos com eles o que estavamos

Atração do dia

comendo. Ellen aproveitou para tirar várias fotos…teve um momento que achei que o mico iria pular dentro da bolsa dela que estava no banco meio aberta…valia de tudo para pegar o pote de sorvete…risos.

Ao final do dia, voltamos para Ipanema para encontrar com Vivian e Luis e fechamos a noite saboreando um delicioso rodizio de founde de queijo, carne e de frutas. O clima estava meio frio (20º +-) o que tornou está pedida um excelente programa. Saboreamos uma taça de vinho para acompanhar o rodizio.

Voltamos para Vila Izabel comVivian e fomos preparar as malas para retornar a realidade de trabalho em Belo Horizonte, mas valeu demais cada passeio.

Similar Posts:

COMMENTS

Leave a Comment

Timpo limite excedido. Por favor, refresque o valor do CAPTCHA.